CONGRESSO INTERNACIONAL DE FRANCHISING – CENÁRIOS E OPORTUNIDADES

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) promoveu o “4º Congresso Internacional de Franchising”, no início deste mês. O evento reuniu os principais players brasileiros e de outros países para discutirem experiências, inovações e refletir sobre o panorama mundial. A entidade completa 30 anos e comemorou a data e o fato de o segmento ocupar o 4º lugar em número de marcas e o 6º em unidades instaladas. O tema do evento foi “Atitudes que fazem a diferença – Ética, inovação e eficiência” para debater como o cenário atual está impactando as relações comerciais.

A programação foi diversificada e incluiu assuntos interessantes envolvendo a situação econômica atual. A economista do Banco Santander Adriana Beltrão abordou como o Brasil atravessa grandes problemas, porém, já sinalizando um início de recuperação. Ela listou que, entre os problemas a serem encarados, o governo deve avaliar o desequilíbrio macroeconômico, resultado de uma política focada no consumo doméstico e com juros artificialmente baixos; o encarecimento da mão de obra devido ao aumento dos salários e a inflação acima da meta, desde 2009. Adriana ressaltou também alguns pontos positivos, como a retomada da confiança; a sensação de crescimento e a previsão do aquecimento do mercado de trabalho a partir do segundo semestre, entre outros.

O diretor internacional da ABF André Friedheim analisou a internacionalização de franquias, citando dicas sobre como proceder durante o desaquecimento da economia brasileira para evitar problemas e prejuízos. Ele destacou alguns tópicos como a flexibilidade para adaptação conforme a realidade; foco inabalável e pesquisa Inloco, entre outros. Ele contou sobre a experiência com a internacionalização de sua marca, hoje com cinco lojas nos EUA e previsão de abrir novas unidades.

O executivo do Grupo China Apex-Brasil Augusto Castro revelou como o mercado chinês está repleto de boas oportunidades. A China é um dos países com o maior potencial de crescimento e o cenário econômico é favorável para expansões, principalmente, em decorrência da estabilidade. O PIB chinês é de US$ 10,8 trilhões. Só em 2015, o faturamento das franquias chinesas foi de 100 milhões de dólares. O palestrante listou algumas dicas de áreas para investimento no país, como casa e construção; alimentação e bebidas; saúde.

As palestras, em geral, analisaram como a tecnologia está alterando a dinâmica das relações de negócios, sendo um dos principais sintomas do varejo atual, com a gestão do on-line para o off-line, ou seja, a integração dos canais de venda. Diversos exemplos de cases de sucessos de outros países foram apresentados como inspiração para novos investimentos.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá!
Podemos ajudá-lo?
Powered by