O setor de tecnologia é um dos que mais cresceu nos últimos anos

Investir nos produtos e serviços no setor de tecnologia pode ser uma grande oportunidade para quem busca um negócio vantajoso. E no mercado de franquias isso não é diferente.

‍A tecnologia faz parte do dia a dia de consumidores e empresas em todo o mundo, quase que como uma necessidade. E, atualmente, praticamente tudo o que consumimos, direta ou indiretamente, possui algum tipo de tecnologia por trás e este é um dos fatores principais que contribuem para este crescimento e evolução constante do setor. 

Por isso, não é difícil compreender os motivos que levam o mercado de franquias de tecnologia a se manter no topo das tendências de negócios há alguns anos. 

Dizer que o setor de tecnologia é um dos mercados com maior expansão seria redundante. No século XXI, grande parte da evolução e lucro das empresas está intimamente ligado ao segmento. 

O segmento de tecnologia é o que mais vem crescendo no setor de franchising e se torna uma das melhores e principais tendências de mercado. No Brasil, o setor de Tecnologia cresceu acima da média global em 2019, com uma média de 9,8%, enquanto que, mundialmente, o setor cresceu cerca de 6,7% . 

A tecnologia é uma tendência mundial. Muitos novos formatos vêm sendo aplicados em outros setores e as empresas estão buscando cada vez mais as facilidades da tecnologia e da inteligência artificial para evoluir os seus negócios. 

Além dos números, o segmento possui muitas vantagens genuinamente, já que o setor de tecnologia possibilita que o franqueado atue em diferentes ramos. A abrangência envolve públicos distintos, desde empresas até o consumidor final, seja com prestação de serviços ou venda de produtos. 

Existem modelos e tipos de franquias adequados para todas as regiões do país, incluindo cidades pequenas. A demanda por serviços e produtos tecnológicos é alta e não sofre com sazonalidade, permitindo que as franquias mantenham bons índices de rentabilidade durante o ano todo.

Um exemplo atual e sólido é a pandemia do novo coronavírus, que acabou nos trazendo para um “novo normal”. Nesse momento, as empresas estão se adaptando a novos modelos e novas formas de trabalhar e, principalmente, em relação ao home office, priorizando o uso de tecnologia para seguirem seus negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *