FRANQUIAS EM ALTA: HOTELARIA E TURISMO

Diante de ambientes incertos e cenários instáveis o empreendedor deve buscar todo o tipo de informação antes de fazer a escolha do segmento em que irá investir. Uma das maneiras de fazer essa análise é observar as tendências de crescimento de mercado, buscando por dados que fundamentem essa escolha. Pensando nisso, hoje apresento um pouco do mercado de Hotelaria e Turismo, um dos grandes destaques na área de franquias.

Sabemos que a área de turismo envolve serviços dos mais variados, de forma direta ou indireta, e que são moldados pelo perfil de uma determinada região. Existe uma grande amplitude de objetivos das viagens, assim como variações no perfil de consumo e perfil da região de destino. Pensando na abrangência do setor e na dimensão do país, vemos que fatores como diferenças de clima, culturas, economia e outros atrativos interferem na demanda e percepção do público que busca por um novo destino.

Uma das tendências da área de turismo é a da economia compartilhada, campo em que os consumidores buscam pelo uso de serviços de qualidade e com preço baixo mais do que pela aquisição de bens. Essa tendência relaciona-se ao cenário em que as pessoas estão constantemente conectadas e predispostas a buscar por produtos e serviços online devido à facilidade de compra e comparação entre as ofertas disponíveis. Considerando esse contexto, o espaço para modelos de microfranquias de agências de turismo foi aberto, no qual observamos tanto operações em lojas físicas quanto a presença das franquias no e-commerce, sendo que algumas delas operam inclusive no modelo de home-office ou home-based.

Outro grande impacto vem sendo notado na área de viagens a trabalho. De 2005 a 2015 o crescimento de viagens desse tipo foi de 400%, e segue em ascensão. Aliado a isso temos a tendência dos viajantes aproveitarem a estadia, estendendo a jornada em alguns dias, para aproveitar a região também para o lazer – o chamado bleisure (business + leisure).

Os intercâmbios também se mostram como uma boa oportunidade no segmento. Sejam culturais, para estudo ou trabalho, apresentam grande procura, já que o desenvolvimento pessoal e profissional dos indivíduos vem sendo cada vez mais valorizado. Aliado a isso, existe a intensa procura pela vivência de experiências, o que se relaciona tanto com as oportunidades de intercambio quanto com viagens para eventos ou mesmo por lazer.

 Em quaisquer dos vários casos e possibilidades de atuação no setor, é preciso conhecer a área de instalação da franquia e entender que o ambiente influencia grandemente no sucesso do negócio, mesmo sendo o setor que apresentou o maior crescimento na receita trimestral do setor de franquias de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF) – em comparação com o trimestre anterior, o segmento de Hotelaria e Turismo cresceu 10,1%. É possível encontrar ótimas oportunidades no setor, visto que ele se mantém firme mesmo diante das instabilidades de mercado. Cabe ao candidato muita cautela ao avaliar as alternativas, para que ele possa encontrar um negócio adequado ao seu perfil e que tenha projeções de ser bem-sucedido de acordo com todas as variáveis analisadas.

O investidor que optar por uma franquia do segmento tem além do cenário favorável as vantagens de entrar em um negócio já testado e com todos os segredos da franqueadora para o sucesso da operação. Esse já é um grande diferencial para qualquer segmento, mas se tratando de turismo se torna um fator chave, que deve pesar de forma considerável na decisão.

Lucien Newton, coluna Franquias de A a Z, Jornal Estado de Minas. Publicação em 24/09/2017.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá!
Podemos ajudá-lo?
Powered by