Já vamos adiantar: Sucesso!

Por conta da necessidade de recomposição de renda, ocasionada pelo alto número de demissões do mercado, no ano passado o Brasil teve o maior número de novos empreendedores de sua história. Ou seja, muitas pessoas decidiram investir num negócio próprio por subsistência ou renda extra, já que muitos também tiveram redução de trabalho e jornada.

Com este cenário, os MEIs (microempreendedores individuais) são os que tiveram maior aumento. Segundo Dados do Portal do Empreendedor, o Brasil teve um crescimento dentre os empreendedores dessa categoria de 13,23% – de março a dezembro de 2020.

No total, 3,36 milhões de novas empresas foram abertas em 2020, somando um total recorde de 19,9 milhões de negócios em funcionamento no país. 

Um dos setores que mais se desenvolveu no último ano foi o do empreendedorismo digital. Ou seja, o baixo custo de investimento e flexibilidade também é algo que tem chamado muito a atenção dos novos empreendedores, que são cada vez mais jovens.

Tendo em vista o atual cenário da pandemia e o avanço na vacinação, é possível que neste ano de 2022 os resultados sejam cada vez maiores e melhores no setor de franquias. Afinal, cada vez mais brasileiros têm buscado inovar e visto no negócio próprio a melhor saída para o momento de crise financeira.

E para investir e garantir sucesso profissional, há uma gama enorme de diversificações de franquias no mercado para atender estes novos empreendedores que estão chegando. Desde home based a grandes lojas físicas em centros comerciais, a Loja de Franquia tem um modelo para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *