Como as ferramentas tecnológicas podem aumentar a eficiências das redes de franquias e a satisfação dos consumidores?

Sabemos que a digitalização é um fator crucial para a manutenção da competitividade dos negócios, atualmente. Para o setor de franquias, a revolução tecnológica significa aprimoramento da relação entre franqueados e franqueadora, alinhado com o desenvolvimento de processos automáticos e integrados nas operações das franquias.

Para isso, os franqueadores devem estar atentos aos seus processos tradicionais de comunicação e gestão frente aos franqueados, pois estes exigem cada vez mais qualidade e atenção nos serviços de suporte. Em tempos atuais é preciso profissionalizar e formalizar cada processo, tanto para cumprimento de normas de LGPD, quanto para melhor controle do histórico de acontecimentos das redes.

A gestão eficaz dos dados da rede através da tecnologia também é um ponto de virada para o franchising, pois é possível metrificar o desempenho de cada franqueado, promovendo uma gestão proativa e vez de reativa.

Da tecnologia e informação em que vivemos, qualquer segmento precisa se adequar ao novo cenário de mercado e com o franchising não é diferente. A utilização de sistemas integrados, focando em comunicação e gestão, por exemplo, podem ser cruciais para a boa relação entre franqueado e franqueadora.

A tecnologia deve ser capaz de centralizar os processos, facilitando o dia a dia dos agentes. Ela, também, pode exaltar os valores de transparência em grandes redes e fazer com que os franqueados realmente se sintam parte do negócio, abrindo espaço para comentários, reações, feedbacks e dúvidas sobre as decisões tomadas pela franqueadora.

Outro ponto importantíssimo é a coleta, armazenagem e gestão de dados sobre a rede de franquias. O uso da tecnologia nesse sentido permite que a franqueadora acompanhe a saúde de seus franqueados e construa planos de ações para melhorar cada vez mais o desempenho deles, contribuindo para o sucesso da rede.

Em resumo: a tecnologia contribui para a profissionalização da rede, facilita o cumprimento das normas de LGPD quanto aos dados pessoais dos franqueados e agentes da franqueadora, além de auxiliar na gestão do histórico e jornada de cada franqueado, possibilitando a melhora na experiência dos envolvidos na franquia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *