Vai começar a empreender?

Fique atento a algumas dicas que são cruciais para os iniciantes

Abrir a própria empresa é sempre um grande desafio tanto para o empreendedor iniciante quanto para quem já atua na área há algum tempo. Se você está começando a empreender, é crucial iniciar esse percurso investindo em um bom planejamento estratégico e financeiro. Pois, caso contrário, seu negócio já estará comprometido antes mesmo de estrear no mercado. 

De acordo com o Sebrae, a taxa de sobrevivência das empresas com até dois anos é de 58%, com exclusão dos Microempreendedores Individuais (MEIs).  No entanto, entre os motivos que justificam esse resultado estão:

  • a falta de planejamento e de capacitação;
  • gestão pouco competitiva, sem melhoria nos processos;
  • falta de atualização.

Adotar boas práticas é imprescindível para que se conquiste o caminho do sucesso neste ramo, afinal, há obstáculos, mas com o modelo certo para se trilhar este percurso é totalmente possível alcançar os seus objetivos.

Em princípio, acerte na escolha do seu segmento de atuação. Este é um pré-requisito para quem esta decidido a empreender e ter uma carreira bem-sucedida. Definir o melhor segmento de atuação é fundamental para aumentar suas chances de sucesso. 

A partir do momento em que você o escolhe, o próximo passo é conhecer melhor o mercado. Como quem opta pelo setor alimentício, por exemplo. O faturamento do food service deve se elevar 4,7% até 2022, alcançando R$527,5 bilhões. Por sua vez, a indústria de alimentos fechou 2018 com aumento de 2,08% no faturamento, e alcance de R$656 bilhões. O impacto desse setor no Produto Interno Bruto (PIB) é de 9,6%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA). É preciso estar a par do que acontece no segmento.

Ainda que o setor de franquias seja sólido e tenha uma demanda alta de maneira constante, existem obstáculos para serem superados e alguns desafios do empreendedor iniciante são: 

  • lidar com a inadimplência, já que o índice chegou a 62,8% em maio de 2019 e exige um plano financeiro eficiente;
  • trabalhar a solidão e a inexperiência por meio de cursos de capacitação e criação de uma rede de networking;
  • calcular custos implicados para saber quanto precisa ter de capital de giro. Isto é, a quantia que deve reservar para manter o negócio funcionando;
  • tornar sua empresa conhecida no mercado. Atrair e reter os clientes para que eles voltem a comprar os produtos no seu supermercado, em vez da concorrência. 

Todas essas barreiras são eliminadas com a aplicação de boas práticas. Sendo assim, elas abrangem desde a conduta certa até a gestão eficiente, e passam por diferentes variáveis que ajudam a alcançar o sucesso. 

Entre em contato com nossos consultores e veja como dar o primeiro passo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá!
Podemos ajudá-lo?
Powered by